Você está no Correio Online

Você está no Correio Online

Carambeí confirma morte de macaco por febre amarela

Foram encontrados oito animais mortos na cidade e esta foi a primeira morte confirmada pela doença; outros casos seguem em análise
Compartilhe:
A Secretaria Municipal de Saúde de Carambeí (região dos Campos Gerais) confirmou que um macaco encontrado morto na cidade estava com o vírus da febre amarela. Já foram contabilizados oito animais mortos no município, sendo este o primeiro caso confirmado vítima do vírus, enquanto os demais estão sob investigação.

Três animais foram encontrados na região do Boqueirão e os demais nas regiões de Catanduvas, Catinha e Alagados. “Esta última localidade onde foi encontrado o macaco que positivou para o vírus”, explica Adriane Fernandes, da Vigilância Sanitária.

A orientação para a população é para aquelas pessoas que não ainda não tomaram a vacina que procurem uma Unidade Básica de Saúde ou o Centro Municipal de Saúde para receber a dose da vacina, que é a única forma de prevenção. “Principalmente os moradores da zona rural, trabalhadores dessas localidades, pessoal que coleta pinhão, da caça e pesca, também aqueles que fazem caminhada ecológica”, explica a inspetora.

As Unidades Básicas de Saúde Boqueirão, Nova Holanda, Novo Horizonte, Jardim Brasília e ESF AFCB seguem com o atendimento das 8h às 16 horas sem intervalo para o almoço. Na Sala de Vacinas do Centro Municipal de Saúde o atendimento é das 8h às 11 horas e das 13h às 16 horas.

Foto: Divulgação


Macacos


Adriane ressalta a importância de não matar os macacos, “Além de ser crime ambiental, ao matar os animais ficamos sem os nossos sentinelas e, consequentemente, aumenta o risco de propagação da febre amarela”, destaca.

“Solicitamos a população de Carambeí que se encontrarem macacos mortos ou moribundos, doentes, que comunique de imediato a Vigilância Sanitária, pelo fone (42) 3231-1577 ou nos finais de semana e feriados ligar no Centro Municipal de Saúde, nos seguintes números (42) 3231-9260 ou 3231-9250, passando a localização, seu nome e telefone que avisarão os Inspetores da VISA”, explica.

Ela enfatiza que as pessoas ao encontrarem um macaco morto, não devem tocar no animal já que não se sabe a doença que ele tem ainda. A coleta será realizada pelos inspetores sanitários municipais e veterinário da 3ª Regional de Saúde.

Devem ser vacinados:

  • Todas as pessoas acima de 9 meses
  • Gestantes independentes do período gestacional
  • Idosos que não apresentem comorbidades
  • Mulheres que estão amamentando crianças menores de 6 meses poderão receber a vacina porém deve-se suspender a amamentação por 10 dias após a vacinação.

Não devem ser vacinadas:

  • Pessoas que já foram vacinadas contra a Febre Amarela anteriormente, pois uma única dose é válida para toda a vida.
  • Pessoas com imunossupressão grave (quimioterapia, radioterapia, transplantados, uso crônicos de corticóides, HIV e outros).
Informações Assessoria de Imprensa.
Compartilhe:

Cotidiano

Comente esta notícia:

0 comentários: