segunda-feira, 19 de março de 2012

Buriti dos Montes e Crateús: potencial ambiental e turístico estão prestes a ganhar o olhar do mundo inteiro

Em 17 de março, cerca de 40 pessoas, entre ambientalistas, imprensa, empresários, gestores e autoridades municipais, fizeram uma visita à Reserva Natural Serra das Almas, gerenciada pela Associação Caatinga, ONG cearense que apresentou o tatu-bola para mascote da Copa do Mundo de 2014 à Fifa. A visita, promovida pela Prefeitura Municipal de Crateús, visava conhecer a área da Reserva, habitat natural da espécie em extinção, e o seu potencial turístico e ambiental.




"Esperamos aproveitar a oportunidade singular que esse acontecimento histórico nos proporciona para alavancar o turismo na Reserva Natural Serra das Almas, trazendo desenvolvimento e zelando pela conservação do bioma Caatinga", afirma o prefeito de Crateús, Carlos Felipe.


Conservação: 
Localizada no Sertão dos Inhamuns, no Município de Crateús (Ceará) e Buriti dos Montes (Piauí), numa área classificada pelo Ministério do Meio Ambiente como de alta importância para a conservação, a Reserva Natural Serra das Almas tem uma área de 6.146 hectares que abrigam uma amostra significativa da flora e fauna da Caatinga. 

A sede da reserva fica a 30km de Buriti dos Montes e a 50km da cidade de Crateús. Na Reserva Natural podem ser distintas três formações vegetais: carrasco, mata seca e caatinga. São formações que possuem diferentes fisionomias de acordo com a época do ano. 

Na estação chuvosa, o verde toma conta da paisagem, enquanto que na estação seca, a maior parte dos vegetais perde suas folhas, em resposta à escassez d´água. 

É possível encontrar árvores como: mororó, juazeiro, jaborandi, pau d´arco, jatobá, mandacaru, xique-xique. Ao todo podem ser encontradas mais de 320 espécies de plantas. A Reserva também abriga várias espécies animais, inclusive algumas espécies ameaçadas de extinção. 

No último levantamento realizado, foram encontradas 45 espécies de mamíferos, 237 de aves, 44 de répteis e 34 de anfíbios. Durante o passeio nas trilhas, é possível encontrar várias dessas espécies, como os simpáticos soins (Callithrix jacchus), macacos-prego (Cebus apella), o cancão (Cyanocorax cyanopogon), ave que anda em bandos, dentre várias outras que podem ser observadas e contempladas. 

Visibilidade: 
A Reserva Natural Serra das Almas também contribui para a conservação de espécies ameaçadas de extinção como a jaguatirica (Leopardus pardalis), a suçuarana (Puma concolor) e o veado catingueiro (Mazama gouazoubira), entre outros. 

Com a escolha do tatu-bola como mascote da Copa, o seu habitat natural na Serra das Almas deverá ganhar maior visibilidade, juntamente com o Cânion do Rio Poty em Buriti dos Montes que tem um forte apelo turístico, sem falar nas escrituras rupestres que estão sendo catalogadas pela UFPI é poderá representar o maior complexo de gravuras do mundo. O objetivo principal nesse momento é chamar mais atenção para a importância do trabalho de preservação da espécie e seu ecossistema. 

Após a visita os prefeitos de Buriti (Professor Soares) e de Crateús (Carlos Felipe) se encontraram na Localidade Tucuns, município de Crateús e na oportunidade acertaram um novo reencontro para tratar sobre a campanha do Tatu bola para mascote da Copa do Mundo de 2014 para buscarem juntos mostrar para o mundo um misto de preservação ambiental e turismo entre os municípios vizinhos.
Clique para Ampliar
Foto e reportagem Silvana Claudino


com informações do http://diariodonordeste.globo.com 

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário (buritidosmontes.com)