quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Maior vitalidade intelectual e curiosidade não deixam os indivíduos de QI alto dormi

Estudantes sabem bem como é passar noites em claro. Alguns, inclusive, acreditam que a madrugada é um dos melhores momentos do dia para estudar. Isso é, possivelmente, um sinal de que essas pessoas são mais inteligentes que aquelas que dormem cedo.

Uma pesquisa de Satoshi Kanazawa, especialista em psicologia evolucionária na Universidade de Economia e Ciências Políticas de Londres (LSE), afirma que pessoas com QI mais alto geralmente adormecem próximo de 1h44, cerca de uma hora mais tarde que as pessoas com QI menor. Com 20 mil pessoas extensivamente pesquisadas para entender a relação entre os padrões de sono e inteligência, foi descoberto que ficar acordado até mais tarde é sinônimo de curiosidade, vitalidade intelectual e complexidade cognitiva.

A teoria de Kanazawa é de que os ancestrais humanos eram tipicamente diurnos e mais ativos durante esse período, já que a presença do sol regulava seus hábitos. A eletricidade e diversos fatores contribuiram para um preferência evolutiva nos indivíduos mais inteligentes de se sentirem mais estimulados durante a madrugada. 


Fontes: Super Interessante e Winnipeg Free Press
Texto: http://www.estudar.org.br

1242027054_night_owl_coruja.jpg

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário (buritidosmontes.com)