domingo, 23 de outubro de 2011

Buriti dos Montes foi uma das cidades representantes do Piauí na Feira das Américas

Realizada anualmente, A Feira das Américas é organizada pela Associação Brasileira de Agências de Viagens (ABAV) e apresenta os produtos, serviços e destinos de vários expositores de diferentes partes do mundo. 

Benedito Rubens, Assessor de Turismo de Buriti dos Montes(Imagem:teresina.pi.gov.br)
Benedito Rubens, Assessor de Turismo de Buriti dos Montes
FOTO: WWW.PORTALCDP.COM.BR

O estande do Piauí na Feira das Américas está atraindo visitantes de todo o Brasil. A decoração foca paisagens como o Delta do Parnaíba, a Serra da Capivara, o Cânion do Rio Poty, em Buriti dos Montes, o Porto das Barcas em Parnaíba. 

Além de postais da cajuína, a opala de Pedro II, a arte santeira e os sabores da carne de sol de Campo Maior. 

Segundo o diretor de Marketing da Secretaria do Turismo do Piauí, Marco Bona, o Piauí surpreende dos agentes de viagem por fazer parte da Rota das Emoções e se destaca no turismo arqueológico. “O Piauí cada vez mais reforça as opções do Turismo no Nordeste e no Brasil, como uma diferença em ecoturismo, na arqueologia e oportunidades de investimentos”, disse. 

A Feira das Américas - Abav 2011, que começou na quarta-feira (19), no Riocentro, e vai mostrar que turista também se pega pelo estômago. Estados e cidades de todo o Brasil prepararam as mais variadas delícias da culinária nacional que serão oferecidas nos estandes. 

No estande do Piauí, é possível atestar o sabor da paçoca feita da carne de sol de Campo Maior, degustar doces como de caju e da casca de limão, uma iguaria só encontrada no Piauí, além da cajuína e de licores de maracujá e jenipapo. “A gastronomia, assim como o artesanato, está diretamente ligada ao turismo porque o viajante quer viver a cultura local e essas são produções associadas à cadeia de serviços do mercado de viagens”, ressalta Carlos Alberto Amorim Ferreira, presidente da Abav. A Abav é um evento que reúne agente de viagens, operadoras e profissionais ligados ao turismo de municípios e estados do Brasil. É uma oportunidade de troca de experiência e bons contatos profissionais. Segundo Mamede Castro, da Abav Piauí, os contatos entre profissionais de negócios do Turismo, os empresários de receptivos, gestores institucionais e integrantes da cadeia produtiva do Turismo foca o objetivo maior da Feira: gerar vendas, aprimorar os roteiros turísticos e orientar os investimentos em infraestrutura. 

Fonte: 180graus
Edição: buritidosmontes.com

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário (buritidosmontes.com)